FPC anuncia iniciativa “Pedalar é vital, Inspira Portugal”

A Federação Portuguesa de Ciclismo aproveitou, hoje, Dia de Portugal, a cerimónia de inauguração da rede de Ciclovias Urbanas de Torres Vedras, para anunciar a nova iniciativa “Pedalar é vital, Inspira Portugal”. Chega também a nova filiação online “Inspira Portugal”.
André Antunes -
FPC anuncia iniciativa “Pedalar é vital, Inspira Portugal”
FPC anuncia iniciativa “Pedalar é vital, Inspira Portugal”

A cerimónia de inauguração da rede de Ciclovias Urbanas de Torres Vedras contou com a presença de vários convidados, incluindo o Secretário de Estado da Juventude e do Desporto, João Paulo Rebelo, o Presidente da Câmara de Torres Vedras, Carlos Bernardes, o Presidente da Federação Portuguesa de Ciclismo, Delmino Pereira, representantes da União Desportiva do Oeste, entre outras figuras do ciclismo nacional.

No dia de hoje, Dia de Portugal, a Federação Portuguesa de Ciclismo (FPC) aproveitou a ocasião para anunciar a nova campanha “Pedalar é vital, inspira Portugal”, que vai incentivar os portugueses a pedalar. A campanha irá incluir um conjunto de atividades e iniciativas para promover a prática do ciclismo, em contexto quotidiano, de recreio e desportivo.

Chega também o anúncio da abertura de inscrições da nova filiação “Inspira Portugal”, que inclui seguro adequado à prática diária de ciclismo na via pública (treino e deslocação), em estrada, BTT e cidade. Encontra-se também incluído o uso de bicicletas com assistência elétrica (“pedelecs” com motor até 250W). A licença tem um custo de 20 euros e trará uma nova particularidade, visto que será emitida exclusivamente em formato digital. A apólice de acidentes pessoais tem uma franquia de 60 euros, enquanto que a apólice de responsabilidade civil está isenta de franquia. O seguro é válido até ao dia 31 de dezembro de 2020.

Em Portugal, como em muitos outros países desenvolvidos, a prática desportiva ao ar livre, em particular com bicicleta, está a aumentar. Mas também para as deslocações urbanas e mesmo para passear, e a Federação está comprometida com esta causa que apresenta tantas vantagens num momento tão singular das nossas vidas, é a hora da bicicleta”, frisou o presidente da Federação Portuguesa de Ciclismo, Delmino Pereira, na cerimónia desta manhã.

A cidade de Torres Vedras, Terra do Ciclismo, é um bom exemplo, com tradição desportiva, mas também a preparar o futuro, promovendo a mobilidade ativa. O principal objetivo da nova rede de ciclovias passa por oferecer condições de acessibilidade, comodidade, conforto e segurança de forma a criar uma maior atratividade para a utilização da bicicleta como modo de transporte. O projeto de mobilidade ativa apresenta 12 quilómetros de percurso, criando melhores condições para as viagens casa-trabalho e casa-escola na cidade.

A FPC tem sido parceira da Câmara Municipal de Torres Vedras também em contexto escolar, através do projeto O Ciclismo Vai à Escola, com o objetivo de potenciar o uso da bicicleta por parte dos estudantes, promover um estilo de vida saudável e a mobilidade sustentável, através de atividades formativas para alunos e professores.