Astana ganha a primeira edição da Volta a Itália "virtual"

A Trek-Segafredo ganhou a versão feminina desta prova.
RCS Sport -
Astana ganha a primeira edição da Volta a Itália "virtual"
Astana ganha a primeira edição da Volta a Itália "virtual"

A equipa Astana ganhou a geral da primeira edição da Volta a Itália virtual, tendo obtido o quarto lugar na sétima e última etapa da prova, um contrarrelógio de 15,7 km.

A equipa cazaque ganhou assim a camisola rosa, depois de ter liderado a classificação geral da prova do início ao fim. A Jumbo-Visma terminou em segundo lugar a 49´57 e a Androni Giocatolli-Sidermec em terceiro, a 1:01´25.

A jornada deste sábado viu a equipa nacional italiana ganhar a última etapa graças ao empenho de Filippo Ganna (22´31", o mais rápido) e Jonathan Milan, com um tempo combinado de 47´50", superando a Vini Zabù KTM em 15" e a Bahrain-McLaren em 20".

Astana ganha a primeira edição da Volta a Itália "virtual"

A Trek-Segafredo ganhou a versão feminina desta prova

Por sua vez, na Volta a Itália feminina, agora conhecida como a "Pink Race", a equipa da Astana cruzou a linha de meta primeiro graças ao empenho de Katia Ragusa (24´40", o melhor tempo individual) e Liliana Moreno, com um tempo combinado de 52´46". A Trek Segafredo terminou a 44", enquanto a equipa nacional italiana ficou em terceiro a 2´40".

No cômputo geral, a Trek-Segafredo, que esteve representada por Ellen Van Dijk e Letizia Paternoster, ganhou a primeira edição da prova, tendo a equipa nacional italiana ficado a 24´07" e a Astana em terceiro lugar a 1:00´12".