Alimentos naturais que se podem comer durante a prática de ciclismo ou BTT

Neste artigo propomos-te um conjunto de alimentos fáceis de transportar e que vão proporcionar nutrientes de uma forma natural e saudável.
Yolanda Vázquez Mazariego -
Alimentos naturais que se podem comer durante a prática de ciclismo ou BTT
Alimentos naturais que se podem comer durante a prática de ciclismo ou BTT

1. Fruta de todos os tipos. A banana é a fruta mais comum, mas também podes levar pedaços de maçã embrulhados em papel de alumínio, tangerinas, etc.

A banana é um dos alimentos que te pode evitar ter uma quebra de rendimento, com câibras, mal-estar, etc.

2. Frutos secos. Não nos referimos só aos figos, passas e pêssegos secos, mas também ao abacaxi, papaia e manga (todos eles secos, naturalmente). Experimenta também os frutos do bosque como as amoras e as bagas de goji pois possuem antocianidinas, flavonóides antioxidantes muito potentes.

3. Frutos secos variados. Estes frutos não devem ser tostados nem salgados. Opta pelas versões naturais, sem adição de sal ou conservantes, pois podem enviesar o seu valor nutricional. Opta pelos mais tradicionais: nozes, avelâs, amêndoas... ou então pelos mais recentes, como a castanha de caju, pistacio, sementes de abóbora cruas, castanha do pará, etc. E não te esqueças dos pinhões, pois são dos frutos secos mais ricos em proteína e gordura vegetal. Um pequeno punhado pode salvar-te e evitar um desfalecimento por falta de energia.

Um dos truques que usamos é colocar um pedaço de limão no bidon.

4. E, claro, não te esqueças da água. Pode parecer óbvio, mas conhecemos muitos casos de ciclistas amadores que levam apenas um bidon em voltas com mais de duas horas, independentemente do calor e do esforço. Convém ter a noção de que se te desidratares, por mais que comas não conseguirás ter energia. Se a volta for curta ou pouco intensa e não fizer muito calor, a água serve, mas se for mais intensa, longa ou fizer calor, é preferível adicionar à água sais minerais ou então leva à parte uma pequena saqueta com sais para diluir na água quando fores reencher os bidons. Pessoalmente gosto de levar num dos bidons um quarto de limão, assim a água sabe melhor, mesmo que aqueça, e quando volto a abastecer com água nas fontes o limão continua a proporcionar um sabor extra, com minerais e vitamina C.