Otimiza a potência dos teus travões

Conselhos para extrair a potência máxima dos travões. Para além de otimizar a potência de travagem, convém ajustar a altura/ângulo das manetes em sintonia com o nosso corpo.
Carlos Pinto
Otimiza a potência dos teus travões
Otimiza a potência dos teus travões

FERRAMENTAS

Para mudar as pastilhas e os discos, bem como ajustar as manetes de travão precisamos de: Otimiza a potência dos teus travões

1. Paquímetro. Útil para comprovar o desgaste nas pastilhas e nos discos. Possibilita calcular a altura exata de os substituir. 2. Chaves Allen. Para desmontar as pastilhas e para ajustar a posição das manetes de travão. 3. Chave Torx. Os parafusos dos discos são sempre T25.
4. Chave dinamométrica. Se possuis uma, perfeito. A chave permite apertar corretamente cada parafuso. 5. Chave Phillips. Serve para modificar o tato dos travões. 6. Pastilhas. Encontrarás no mercado diversas opções. Existem marcas que possuem diversos compostos com prestações diferentes. 7. Discos. Tal como as pastilhas, há muitas opções de substituição. Há discos que estão desenhados para eliminar ruídos e vibrações na travagem.

PASSO A PASSO…

Uma boa travagem não depende apenas das pastilhas e dos discos. Embora neste artigo ensinemos a substituir ambos, lembramos que ter as manetes bem ajustadas é fundamental. De pouco serve ter um travão muito potente se não chegamos à manete de travão, ou se os nossos braços ficam rapidamente fatigados de estarmos a travar com as mãos numa posição pouco ortodoxa. Os travões são um elemento de segurança, pelo que é necessário dedicar-lhes algum tempo de forma periódica. Otimiza a potência dos teus travões

1. Desmonta o pino. Normalmente é um pequeno perno com um clip de segurança na extremidade.
Otimiza a potência dos teus travões

2. Extrai as pastilhas de travão. Otimiza a potência dos teus travões

3. Comprova a grossura das pastilhas com o paquímetro. Se tiverem 0,5 mm de altura ou menos está na altura de as substituíres. Otimiza a potência dos teus travões

4. Antes de introduzir as pastilhas novas deverás empurrar os pistões para a sua posição mais recuada. Utiliza uma ferramenta específica, ou então um desmonta de plástico. Tem cuidado para não danificar os pistões.
Otimiza a potência dos teus travões

5. Prepara as pastilhas novas que escolheste em função das tuas necessidades ou preferências. Não te esqueças de colocar a mola entre ambas, sem que as pastilhas interfiram na zona de travagem. Otimiza a potência dos teus travões

6. Agora vamos analisar os discos. Se notares que as pastilhas estão riscadas ou que existem irregularidades na zona de travagem dos discos, é altura de os substituir. Além disso, se o desgaste for igual ou superior a 1,5 mm, deves mesmo trocar.
Otimiza a potência dos teus travões

7. Monta o disco novo, da mesma medida do anterior. Se quiseres aumentar de diâmetro, terás de instalar um adaptador de pinça de travão maior. Aperta os parafusos segundo a ordem que mostramos na fotografia para uma fixação mais uniforme (isto, claro, se os discos não forem Center Lock). Otimiza a potência dos teus travões

8. Cuidado com o aperto dos parafusos: as roscas do cubo podem ser frágeis. O ideal é utilizar uma chave dinamométrica e apertar 6Nm. Se não tiveres esta chave, usa uma chave T25 pequena, para não fazer um efeito excessivo de alavanca (o que pode danificar ainda mais a rosca). Otimiza a potência dos teus travões

9. A posição das manetes é fundamental para um bom rendimento entre força-fadiga muscular. Senta-te na bicicleta e coloca as mãos nos punhos de forma normal e confortável. Estica o dedo indicador de cada mão e confirma em que posição deveria estar a tua manete e travão para que a travagem seja intuitiva, sem dores e desconforto. Agora que já sabes qual é a tua posição neutra, ajusta a posição das manetes utilizando uma chave sextavada. Nota que poderás ter de ajustar também a posição do controlo remoto da suspensão/amortecedor e da manete de mudanças. Otimiza a potência dos teus travões

10. Para ficar o mais confortável possível, modifica o ângulo das manetes de travão de modo a ficarem alinhadas com os braços. Assim não cansarás os músculos.
Otimiza a potência dos teus travões

11. Ajusta o alcance da manete em repouso, ou seja, deve ficar debaixo da articulação da primeira falange do dedo indicador. Otimiza a potência dos teus travões

12. Alguns modelos de travão têm uma regulação de tato. Esta regulação não modifica a proximidade das pastilhas ao disco (ao contrário do que alguns pensam), mas simula um curso mais tenso ou mais suave. Na Shimano chama-se a isto Free Stroke.

Na revista BIKE poderás encontrar mais artigos destes. Procura a edição nº10 nas melhores papelarias e estações de serviço. Otimiza a potência dos teus travões