Como evitar oxidar os componentes metálicos da bicicleta

A ferrugem tem tendência para aparecer nas bicicletas daqueles que vivem perto do mar, ou em zonas com muita humidade. Como é que podemos evitar que enferrujem os componentes da nossa bicicleta?
Carlos Pinto e Ivan Mateos -
Como evitar oxidar os componentes metálicos da bicicleta
Como evitar oxidar os componentes metálicos da bicicleta

Para além da zona costeira e das zonas mais húmidas do nosso país, é comum aparecer ferrugem nos componentes metálicos das bicicletas daqueles que suam muito (hipersudação) quando treinam em zonas montanhosas ou dos que treinam muito nos rolos, por haver tendência para suar efusivamente (por ser uma atividade indoor).

A tecnologia neste aspeto evoluiu muito, e cada vez menos bicicletas trazem peças de aço, que são suscetíveis de enferrujar com mais frequência. Contudo, o problema não foi completamente erradicado pois muitas bicicletas, mesmo as mais caras, ainda trazem componentes metálicos que podem oxidar, como parafusos, pedais, corrente, etc.

QUAL É O TRUQUE PARA EVITAR QUE OS COMPONENTES OXIDEM?

Para evitar a oxidação desses componentes, é necessário criar uma barreira de proteção que impeça o contato do ar com o metal, ou seja, lubrificar. Tão simples como isto. Por isso, é necessário manter sempre a corrente lubrificada - independentemente do tipo de óleo - bem como os restantes componentes metálicos (que contenham ferro) como carretos, parafusos, etc. Para estes é recomendável usar lubrificante em spray.

E NOS DISCOS DE TRAVÃO?

Como evitar oxidar os componentes metálicos da bicicleta

Quanto aos discos de travão, é necessário ter muito cuidado: não se pode aplicar nenhum produto, sobretudo lubrificante. A maior parte dos discos modernos têm um tratamento que dificulta o surgimento da ferrugem e existem até sprays sobretudo usados nos discos das motas que supostamente evitam essa oxidação. Não recomendamos usar nenhum destes produtos. Sugerimos vivamente que evites tocar nos discos (a própria cera presente naturalmente nos nossos dedos pode contaminar os mesmos), pelo que com o uso frequente os discos vão mantendo o seu aspeto livre de óxido. Se deixares a bicicleta parada um ano em condições de humidade extrema, os discos podem oxidar, nesse caso recomendamos vivamente substituí-los.