9 dicas para perder o medo nas descidas

Algumas descidas são cenários de prazer para uns e de tormenta para outros. Não te preocupes porque, ainda que não consigas de um dia para o outro, há maneiras de ir invertendo a situação.
Revista BIKE -
9 dicas para perder o medo nas descidas
Não tenhas medo das descidas. 9 maneiras para o conseguires

9 trucos para perder el miedo a las bajadas 

1- GUIADOR LARGO.

A forma mais eficaz de melhorar o nosso controlo em cima de uma bicicleta é aumentar a amplitude da pega. Se usas um guiador de 60cm de largura ou menos, o primeiro conselho é que troques por um de 66 ou 68cm. A diferença será brutal e não precisarás de extensores (cornos).

2- MÃOS AO AR!

Em BTT, a aerodinâmica raramente importa, por isso não serve de muito ir numa posição mais baixa. Tens maior noção do que se passa na roda dianteira, mas menos segurança e margem para evitar dissabores. Sobe a posição das tuas mãos em 2 a 4 cm passando espaçadores da coluna de direção para baixo do avanço ou trocando o guiador plano por um elevado ou um avanço plano por um com alguma inclinação.

3- QUANTO MAIS LONGE PIOR.

Se o teu corpo está muito inclinado para a frente é porque tens o guiador muito distante do selim. Esta distância não ajuda em nada nas descidas. Um avanço longo, além de afetar a posição do teu corpo também torna mais difícil controlar a frente nas descidas. Resolve os dois problemas de uma vez trocando o teu avanço (especialmente se tiver mais de 100mm) por um mais curto (70mm é um bom compromisso).

4- PESO ATRÁS!

Passa o teu peso mais para trás para que a roda da frente não seja tão determinante no comportamento da bike e para que consigas transpôr obstáculos. 

5- ESPIGÃO TELESCÓPICO.

Sem dúvida uma das grandes invenções para descer com maior liberdade de movimentoe e controlo sobre a bike. É um investimento que vale a pena.

6- PNEUS COM MAIOR ADERÊNCIA E/OU BALÃO.

Se ainda não experimentaste, monta uns pneus com tacos mais pronunciados. O aumento de tração e aderência vão resultar em maior segurança e confiança na hora de descer em zonas técnicas e inclinadas. Pneus mais largos também resultam num balão mais pronunciado que ajuda a transpor em segurança pedras e raízes. A pressão de ar também é muito importante. Um pneu com ar a mais não é tão eficaz. Se tens dúvidas, informa-te numa loja ou junto de riders mais experientes.

7- APERFEIÇOA A TÉCNICA.

Se queres ser melhor, tens de treinar, sobretudo as descidas. Dedica uma hora por semana a exercícios como equilibrares-te parado em cima da bike, passar por cima de um tronco, simular travagens bruscas, descer escadas, etc. No fundo, aquilo com que nos divertíamos quando éramos mais novos!

8- APRENDE A UTILIZAR AS SUSPENSÕES.

Ainda que de início possa ser um pouco complicado, aprende a utilizar corretamente os ajustes das suspensões para tirares todo o partido delas.

9- QUAL É A BTT QUE USAS?

Se tens uma rígida estarás limitado, por isso, a primeira coisa a fazer (se a carteira permitir) é passares para uma suspensão total.