comitium

Superboost: a nova medida está a chegar

Uma “nova" medida de largura de eixo está a chegar ao mundo das bicicletas. Estas são as suas características:

Mountainbikes.pt

Superboost: a nova medida está a chegar
Superboost: a nova medida está a chegar

Ainda não podemos falar de tendência, mas temos de estar preparados para o choque emocional que poderá surgir ao ouvirmos falar do Superboost nos próximos meses. É um novo standard, novos quadros, novos componentes...

Mas o que é exatamente o Superboost? É uma nova largura de eixo (apenas traseiro, por agora) que aumenta os 148 mm do Boost que todos conhecemos para os 157 mm.

Porquê? Tivemos de fazer esta pergunta a Chris Cocalis, fundador da Pivot Cycles e um dos mais proativos agentes do setor das bicicletas. Para Chris, "Sem dúvida de que o sistema Boost apresenta vantagens, mas somente 3 mm em cada lado não é suficiente." Os 157 mm são a medida de referência e na verdade até já é utilizada há vários anos nas bicicletas de DH e de Freeride. Portanto já existem cubos para o Superboost, pois na verade não é uma medida nova. A grande vantagem do Superboost é que permite fabricar rodas mais sólidas (30%, segundo os últimos estudos). Esta nova medida usa um Q-Factor de 173 ou 177 mm, uma medida standard que podemos encontrar em inúmeros cranques no mercado (sendo a Race Face a principal), com uma linha de corrente de 56 mm (perante os 52 mm do Boost). Outra vantagem é que ao ter um cubo mais largo, os raios passam a ter um ângulo mais aberto, suportando assim melhor as tensões muito altas, o que faz plenamente sentido, em particular nas ebikes. O tempo dirá se as nossas bicicletas atuais com eixo Boost ficarão obsoletas (uma vez mais) em pouco tempo...

 

Nossos destaques