Bonifazio impôs-se na 2ª etapa do Tour da Arábia Saudita

Com um ataque a 800 metros do final, dando continuidade à tentativa de Haussler, o italiano da Direct Energie impôs-se comodamente na meta de Riade. Rui Costa continua líder.
Carlos Pinto Foto: Bettini -
Bonifazio impôs-se na 2ª etapa do Tour da Arábia Saudita
Bonifazio impôs-se na 2ª etapa do Tour da Arábia Saudita

O italiano Niccolò Bonifazio (Total Direct Energie) foi o mais rápido no (bizarro) final da 2ª etapa do Tour da Arábia Saudita (Sadus Castle - Riade, de 182 km), tendo obtido a vitória numa jornada em que Rui Costa permaneceu como líder.

Quando parecia que a vitória de etapa se iria decidir ao sprint, Heinrich Haussler da Bahrain McLaren (2º da geral a apenas 1 segundo de Rui Costa) lançou um vigoroso ataque entrando no último quilómetro com a intenção de bonificar na meta. Bonifazio foi o único que conseguiu sair na sua roda, ultrapassando-o a 500 metros da meta, num terreno ligeiramente ascendente - ganhando em solitário. Foi a 17ª vitória da sua carreira. Haussler pagou caro o ataque e foi engolido pelo pelotão.

Na classificação geral Rui Costa continua líder, seguido de Haussler, a 1 segundo, Bouhanni, a 2 segundos, e Bauhaus, a 4 segundos. Mas houve polémica. A 12 km da meta, quando Rui Costa para se proteger de um ciclista da NTT que se aproximava em demasia lhe deu um empurrão para o afastar, a consequência foi uma queda de vários ciclistas, com Gasparotto e Van Rensburg da NTT como principais afetados. Os comissários consideraram que foi um percalço fortuito da prova e não penalizaram o ciclista luso.