Bahrain-McLaren abandona a prova Paris-Nice

A equipa decidiu repatriar todos os elementos da equipa dados os riscos de saúde pública e ao aumento galopante dos casos associados ao Covid-19.
Revista Ciclismo a fundo / Foto: Bettini -
Bahrain-McLaren abandona a prova Paris-Nice
Bahrain-McLaren abandona a prova Paris-Nice

A equipa Bahrain McLaren decidiu abandonar a Paris-Nice e não estará hoje na linha de partida da 6ª etapa, uma ligação entre Sorgues e Apt, de 161,5 km, pela ameaça sanitária do Coronavírus. "Após consultarmos os ciclistas da equipa, o pessoal médico e outras partes interessadas, e à luz dos riscos de saúde pública em rápido crescimento associados ao vírus Covid-19, tomámos a decisão de repatriar todos os elementos da equipa aos seus lugares de origem o mais rápido possível. As restrições constantes ao movimento em toda a Europa e a saúde de toda a equipa fazem com que esta medida de precaução seja uma prioridade imediata para nós", disse a equipa em comunicado.

Neste comunicado, a Bahrain McLaren agradeceu à UCI, à ASO, à AIGCP e às restantes equipas a sua compreensão e apoio neste momento. A revista Ciclismo a fundo sabe também que vários ciclistas de outras equipas já mostraram o seu desconforto em estar a competir numa fase em que o vírus está em rápido crescimento. Tejay Van Garderen foi um dos ciclistas que abandonou por livre iniciativa, preocupado com o vírus e com o repatriamento (Donald Trump proibiu os voos provenientes da Europa).

Entretanto esta madrugada foi também emitido um comunicado referindo que as clássicas belgas também foram adiadas, pelo menos até dia 3 de abril. A Volta à Catalunha sofreu a mesma consequência.