Publicidade

Sabes que tipo de óleo deves usar nos travões de disco?

Até que ponto o líquido dos travões de disco é importante? Respondemos a esta pergunta já a seguir.
www.mountainbikes.pt -
Sabes que tipo de óleo deves usar nos travões de disco?
Sabes que tipo de óleo deves usar nos travões de disco?

Muitos fabricantes (SRAM, Hope, Hayes...) utilizam o líquido DOT 5.1, dado que tem um maior grau de ebulição, à volta dos 250 graus centígrados. O problema é a sua capacidade para absorver a humidade do ambiente que, com o calor numa descida pronunciada, se transforma em gás e as borbulhas que origina ao ser comprimidas afetam a tensão da manete, produzindo o desagradável efeito de alavanca que todos conhecemos. O DOT é um líquido corrosivo e a longo prazo danifica as juntas e os retentores, podendo também afetar o brilho e acabamento de alguns materiais, embora se possa limpar simplesmente com água.

O óleo mineral (Shimano, Magura...) repele a água, mas o seu grau de ebulição é menor, à volta dos 225 graus. Por este motivo, a Shimano trabalhou intensamente na tecnologia Ice Technologies de refrigeração dos diferentes elementos (disco, pistões, pastilhas) que consegue diminuir a temperatura até 150 graus. Por outro lado, o óleo mineral é inofensivo para os retentores e é biodegradável. Aliás, a Shimano não contempla as juntas e os retentores no seu catálogo de peças de reposição, dado que com uma manutenção adequada, devem durar toda a vida do travão. 

O QUE É QUE RECOMENDAMOS?

Se és tu mesmo que fazes as manutenções períódicas e sabes purgar os travões, recomendamos o líquido DOT. Se não queres ter preocupações, opta pelo óleo mineral. 

 

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para facilitar e melhorar a navegação, mostrar conteúdo relacionado às suas preferências e coletar informações estatísticas. Se você continuar navegando, consideramos que você aceita seu uso. Mais informação.