Publicidade

O que fazer quando o manípulo do desviador dianteiro não funciona?

O manípulo que controla o desviador dianteiro pode partir-se devido a uma queda, ou o cabo pode quebrar-se devido ao desgaste. Isso significa que ficarei apeado? Não! Explicamos-te o que deves fazer já a seguir.
www.mountainbikes.pt -
O que fazer quando o manípulo do desviador dianteiro não funciona?
O que fazer quando o manípulo do desviador dianteiro não funciona?

FERRAMENTAS

1. Chave allen de 5 mm. Com ela vamos soltar o cabo do desviador.

2. Chave Philips ou de fendas. Vamos utilizá-la para ajustar os parafusos H e L que atuam nos limites de deslocamento do desviador. 

PASSO A PASSO

Quando o manípulo que faz atuar o desviador dianteiro se parte ou quando acontece o mesmo ao cabo, o resultado pode ser a corrente descer para a cremalheira pequena já que, ao perder a tensão do cabo, o desviador perde toda a sua carga e volta à sua posição natural. Por isso vamos ensinar-te como é que podes engrenar a cremalheira grande ou mediana. 

1. Como referimos anteriormente, quando isto acontece a corrente cai sempre para a cremalheira pequena (pois o desviador fica sem tensão).

 

2. Vamos começar por soltar o cabo do desviador para que este possa ficar totalmente livre. Prende ou enrola o cabo solto, até para evitar que se desfie e te magoe as pernas ou, no caso de os teus cabos serem guiados internamente, pelo menos tentar que este não fique pior do que já está. 

 

3. Depois devemos procurar os parafusos H e L. O parafuso H é o que faz atuar o limitador de curso da cremalheira grande e o L afeta o limite da cremalheira pequena; é sobre este último que iremos atuar para poder engrenar a cremalheira superior. 

 

4. Agora vamos focar-nos no parafuso L, pois este ajusta a cremalheira pequena. Rodamos o parafuso no sentido horário e verás que o desviador começa a deslocar-se em direção da cremalheira maior, da mesma maneira que faria se o cabo estivesse a ser puxado. 

 

5. Chegará um momento em que o desviador empurrará tanto que a corrente chocará com a cremalheira seguinte; devemos levantar a bicicleta e dar uma pedalada para que a corrente possa saltar para a cremalheira seguinte (grande ou média, dependerá se usas 2 ou 3 pratos). 

 

6. Se já conseguimos que a corrente entre na cremalheira desejada, agora basta rodar o parafuso L de ajuste do desviador no sentido horário até encontrar um ponto em que a corrente não roce nas chapas do desviador. Não poderás mudar de cremalheira a partir daqui, mas assim estarás muito melhor do que se não recorresses a este truque. Lembra-te de que quando chegares a casa deves resolver este problema e quando montares um manípulo ou cabo novo, terás de ajustar novamente os limites do desviador. 

 

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para facilitar e melhorar a navegação, mostrar conteúdo relacionado às suas preferências e coletar informações estatísticas. Se você continuar navegando, consideramos que você aceita seu uso. Mais informação.