Publicidade

3 coisas que nunca deves fazer quando estacionas a tua bicicleta

Quando não a estiveres a utilizar, mesmo que seja por pouco tempo, nunca faças isto.
Revista BIKE -
3 coisas que nunca deves fazer quando estacionas a tua bicicleta
3 coisas que nunca deves fazer quando estacionas a tua bicicleta

Todos nós sabemos que se vamos deixar a bicicleta parada durante um longo período de tempo devemos ter algumas precauções para que quando voltarmos a usá-la, ela esteja em perfeitas condições. Mas afinal o que é que não se deve fazer, mesmo que seja por pouco tempo e que pode prejudicar o funcionamneto da nossa bicicleta, pouco a pouco e em silêncio, quase sem darmos conta? 

Aqui deixamos-te 3 coisas que nunca deves fazer. 

1. Deixar a mudança no carreto grande

3 cosas que nunca debes hacer al aparcar tu bici

É o erro mais comum e também é aplicável nas mudanças dianteiras (caso tenhas cremalheira dupla ou tripla). Nunca deixes a mudança no carreto grande pois as molas estarão em tensão. E embora a vida útil de uma mola seja longa, a tensão ao longo de muitas horas de espera vai encurtando o seu funcionamento ao longo do tempo. O ideal é deixar os desviadores sempre no carreto e cremalheira pequenos.

2. Deixar a bicicleta ao sol

3 cosas que nunca debes hacer al aparcar tu bici

Tanto se pararmos para tomar um café ou beber uma cerveja, o ideal é não deixarmos a bicicleta ao sol. O sol "come" a pintura e retira flexibilidade às borrachas e plásticos dos componentes. Sempre que possível deixa-a à sombra e verás que manter-se-á com as cores originais mais tempo.  

3. Deixar o espigão telescópico comprimido

3 cosas que nunca debes hacer al aparcar tu bici

Parece brincadeira, mas às vezes, sem querer, deixamos o espigão telescópico comprimido. A curto prazo não causa danos, mas a longo, pode danificar o sistema hidráulico, pois estarás a submetê-lo a uma tensão constante. O espigão ao estar comprimido alcança uma pressão elevadíssima na câmara de ar (se for um modelo com funcionamento a ar, claro), que tem que ser suportada pelos pequenos retentores e juntas que possui. É preferível acostumarmo-nos a carregar no botão e extendê-lo, para que possa estar na posição mais relaxada possível. 

Após leres estes três conselhos, certamente surgem-te outras dúvidas, como "e a pressão dos pneus e das próprias suspensões, também é necessário ter algum cuidado?". A resposta seria: sim, mas apenas para longos períodos de tempo em repouso, ou seja, meses. Para o dia a dia não é necessário, pois os pneus estão desenhados para suportar a pressão durante toda a sua vida útil e os retentores das suspensões são suficientemente fiáveis para não ser necessário nenhum cuidado adicional. 

 

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para facilitar e melhorar a navegação, mostrar conteúdo relacionado às suas preferências e coletar informações estatísticas. Se você continuar navegando, consideramos que você aceita seu uso. Mais informação.