Publicidade

Teste vestuário Lurbel

Não faltam marcas de vestuário à venda no nosso país, mas algumas sobressaem devido à sua relação qualidade/preço e ao conforto. Quisemos comprovar se o vestuário Lurbel é assim tão bom como ouvimos dizer.
www.mountainbikes.pt -
Teste vestuário Lurbel
Teste vestuário Lurbel

Não há nada como testar um vestuário durante o Inverno e nos primeiros dias de sol (no início da Primavera) para ter a noção da capacidade térmica de um vestuário técnico de ciclismo. 

Testámos a jersey Tiger da Lurbel, a qual combina poliester (73%), poliamida (22%) e elastano (5%), numa peça que tem um corte bastante justo e ergonómico, mas não tão excessivo e compressivo como, por exemplo, a X-Bionic.

Do nosso ponto de vista isto é um ponto a favor, pois nem todos têm um corpo escultural, portanto esta jersey, apesar do seu design justo, não fica mal a quem tem umas gordurinhas extra. As costuras, apesar de não serem dissimuladas não causaram abrasão e mesmo após vários esticões propositados, não se descoseram. A gola a meia haste deveria ter uma proteção na extremidade superior do fecho integral para a proteção da maçã de Adão, ou para quem usa barba, portanto é um ponto a rever.

O tecido é elástico, tem proteção antibacteriana (o que é excelente para evitar maus odores) e a construção da malha multicanal ajuda a expelir o suor, tendo igualmente filamentos de bambu que ajudam a regular a temperatura. Isto baseia-se na tecnologia IDT que a marca possui.

Atrás tem três bolsos, mas preferíamos que tivesse um adicional com fecho para guardar chaves, dinheiro ou documentos de identificação. Salientamos também que estes bolsos, apesar de fundos, são menos largos do que os tradicionais. Mas isto é propositado: por um lado mantém os produtos estáticos, sem oscilações, apesar de não poderem ser produtos largos, como um bidon ou telemóveis muito grandes; e por outro a parte traseira mantém uma certa uniformidade e aerodinâmica, portanto a parte traseira não descai (como algumas marcas que conhecemos) quando colocares os objetos no seu interior.

Está bem pensado, mas é limitativo.

No cômputo geral, é uma jersey agradável ao toque, confortável e ideal para os dias temperados. Com temperaturas abaixo de 15 graus, uma base layer e uns manguitos chegam perfeitamente, mas nos dias mais quentes não é necessário nada por baixo. Não é também das jerseys mais frescas para os dias solarengos, nesse campo existem peças mais minimalistas em termos de tecido. O tecido não sobe como algumas jerseys de outras marcas, e nem sequer precisa de aplicações em silicone para esse efeito. Nota 10 nesse campo.

OK

Conforto

Corte ergonómico

Ausência de dobras no tecido

 

KO

Bolsos podiam ser ligeiramente mais largos

Ausência de bolso com fecho

 

Tamanhos disponíveis: XS, M, M, L e XL

Cores disponíveis: verde, vermelho e azul

Preço: 71,91€

 

Calção Lurbel Epic

O calção Epic destaca-se da concorrência pelo seu formato indeformável face à licra tradicional e pelo relevo no tecido. Tal como a jersey, também engloba a tecnologia IDT e a malha é fabricada exatamente na mesma proporção da jersey Tiger. Como não possui bandas de silicone, o ajuste é proporcionado pela própria elasticidade do tecido e chega perfeitamente, como comprovámos. Aliás, como possui propriedades semi-elásticas, o calção mantém-se uniformemente em contato com a pele.

O almofadado é da reputada Elastic Interface, uma marca que produz para a maioria das marcas de calções de ciclismo e que tem índices de qualidade altíssimos. Possui 6 painéis semi-elevados independentes, para além de uma reentrância na zona do canal perineal. 

O almofadado não é mau, mas dá a ideia de que usam o mesmo tamanho de almofadado nos tamanhos todos. Como pedimos um XL, presumíamos que o almofadado tinha proteções mais largas nos ísquios, o que não é o caso. Já alertámos algumas marcas que os almofadados devem ser de larguras diferentes consoante os tamanhos, pois geralmente pessoas mais altas ou com ancas mais largas têm isquios mais espaçados, pelo que os almofadados tradicionais não correspondem às expetativas. É apenas uma nota, pois alguém que tenha as ancas menos largas provavelmente não se irá queixar do mesmo que nós.

Em todo o caso, gostámos da qualidade de construção e do conforto geral, exceto ao longo de muitas horas devido ao pormenor que referimos.

OK

Qualidade de construção

 

KO

Almofadado genérico independentemente da largura das ancas

 

Tamanhos disponíveis: S, M, L e XL

Cores disponíveis: verde, vermelho e azul

Preço: 89,01€

 

Meias Lurbel Sprint

Produzidas em material compressivo, estas meias são extremamente confortáveis, com um toque suave e possuem proteção antibacteriana. Como possui poliamida, o tecido é duradouro e dificilmente as rasgarás. Acresce o facto de a sola ter uma costura em formato de mola, para serem suaves e absorventes. O seu formato é considerado de meio cano (zona inferior da canela) e para demonstrar a sua destreza elástica, usámos a versão M (indicada para tamanhos de pé entre o 39 e o 42), quando nós usamos o 45! E não, as meias não estavam apertadas. Estão aprovadíssimas.

São daquelas meias que podemos usar, lavar, voltar a usar e não perdem o corte anatómico nem a elasticidade.

Apenas a cor poderá mudar, isto se as deixarmos ao sol, mas aí a culpa será nossa!

 

OK

Corte

Qualidade de construção

Elasticidade

 

KO

Nada a destacar

 

Tamanhos disponíveis: S, M e L

Cores disponíveis: verde, vermelho e azul

Preço: 19,71€

Sabe mais em https://saltartrilhos.pt.

 

 

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para facilitar e melhorar a navegação, mostrar conteúdo relacionado às suas preferências e coletar informações estatísticas. Se você continuar navegando, consideramos que você aceita seu uso. Mais informação.