Publicidade

Nova Pinarello Dogma FS

A suspensão integral eletrónica inteligente chega ao mundo das bicicletas de estrada pela mão da Pinarello.
www.mountainbikes.pt e Revista Ciclismo a fundo -
Nova Pinarello Dogma FS
Nova Pinarello Dogma FS

Há quatro anos, a Pinarello lançou a Dogma K8s, apresentando o primeiro sistema de amortecimento ultraleve para bicicletas de estrada (DSS 1.0), juntamente com escoras traseiras flexíveis em fibra de carbono. Dois anos mais tarde, durante as estradas de algumas das mais importantes provas de ciclismo do mundo, chamadas "os Monumentos", e em colaboração com a HRide, apresentou o novo eDSS 2.0 (Electronic Dogma Suspension System), o primeiro amortecedor inteligente para bicicletas de estrada, testado pelos ciclistas da equipa Sky. E agora há ainda mais uma novidade: a introdução de uma suspensão eletrónica dianteira. 

Um conceito baseado no utilizador

A filosofia que levou à conceção desta revolucionária bicicleta é conseguir um grau de satisfação durante a condução muito elevado, inclusivé quando o terreno está degradado. O sistema DSAS adapta automaticamente a rigidez do quadro através da suspensão e do amortecedor, os quais são eletrónicos, para maximizar a estabilidade da bicicleta. O DSAS é capaz de adaptar o comportamento da suspensão em cada tipo de solo, bloqueando ou desbloqueando automaticamente e garantindo o máximo rendimento e rigidez num asfalto suave e um conforto ótimo em estradas acidentadas e com buracos.

Pinarello Dogma FS

Características do quadro DOGMA FS

A forqueta foi completamente redesenhada para garantir a integração com a suspensão dianteira eletrónica. O tubo de direção é mais largo para integrar essa suspensão, além disso é mais curto para dispôr de pelo menos 20 mm de curso e foi reforçado para suportar as tensões provenientes do terreno irregular, utilizando um rolamento superior de 1 ’¼.

Tecnologia Flex Stays

O quadro Dogma FS que traz esta nova suspensão utiliza a união superior das escoras (sistema "monostay") para inserir o amortecedor. Desta forma o tubo de selim fica isolado do triângulo dianteiro através deste sistema elástico, que permite um movimento vertical quase de 10 mm na zona posterior e, ao mesmo tempo, garante uma rigidez máxima perante deformações laterais (sprint, subidas intensas...) no triângulo traseiro. 

Pinarello Dogma FS

É capaz de compilar dados de giroscópios e acelerómetros para distinguir a condição da estrada e mudar o estado da suspensão

Dogma Smart Adaptive System (DSAS)

Suspensão dianteira. O núcleo da absorção de vibrações é uma mola helicoidal metálica. A retenção é responsabilidade de um cartucho hidráulico que também permite que a suspensão mude eletronicamente o seu estado: desde o modo desbloqueado, permitindo o máximo curso vertical da suspensão, até um mecanismo de bloqueio total com o qual disporemos da máxima rigidez na parte dianteira da nossa bicicleta. 

Pinarello Dogma FS

Amortecedor traseiro. O elemento encarregue da absorção de irregularidades é um elastómero. O amortecedor traseiro implementa um sistema eletrohidráulico que é capaz de modular o estado de amortecimento: desde um grau máximo de dureza, no qual a bicicleta se comporta como se fosse um modelo rígido, até um nível de amortecimento máximo, momento no qual as irregularidades são filtradas por este sistema inteligente da nova Dogma FS. 

 

Pinarello Dogma FS

Regulação inteligente. Esta bicicleta está equipada com uma CPU que executa os algoritmos de controlo da suspensão. É capaz de compliar dados de giroscópios e acelerómetros para distinguir o estado da estrada e mudar o estado da suspensão. 

 

Pinarello Dogma FS

Interface de utilizador.Este componente permite ao utilizador controlar o estado do sistema através de um Led, mudar do modo manual ao automático, mudar o limiar de ação ou mudar entre o modo bloqueado e desbloqueado caso esteja em manual. 

Pinarello Dogma FS

Dados a reter da Dogma FS 

  • O sistema DSAS pode absorver em média 42% da vibração proveniente do solo, o que significa diretamente um aumento no conforto e na estabilidade da bicicleta.

  • Quanto ao rendimento, o DSAS pode melhorar a velocidade da bicicleta em terrenos difíceis.

  • Isto deve-se à maior tração e estabilidade que, em regra, significa uma bicicleta mais eficiente.

  • As medições foram obtidas através da comparação entre uma bicicleta tradicional e a DOGMA FS no “Carrefour De l’Arbre”, ou seja, em pavé, onde o ciclista que utilizava uma Dogma FS conseguiu ganhar 15 segundos em 2 quilómetros competindo contra uma bicicleta de estrada rígida.

 

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para facilitar e melhorar a navegação, mostrar conteúdo relacionado às suas preferências e coletar informações estatísticas. Se você continuar navegando, consideramos que você aceita seu uso. Mais informação.