Publicidade

Benta triunfa em Felgueiras

Numa etapa rápida e maioritariamente rolante, a vitória acabaria por só se discutir no final, com Benta a sacudir o pelotão a 400m da meta e assim registar a segunda vitória da Rádio Popular-Boavista nesta Volta.
Ciclismo a fundo -
Benta triunfa em Felgueiras
Benta sprinta para a vitória - Foto: Lusa

Depois do forte vento e do nevoeiro que se abateu ontem sobre o pelotão, a etapa de hoje entre Viana do Castelo e Felgueiras foi mais amigável em termos climatéricos. Jóni Brandão alinhou à partida com a camisola amarela conquistada na véspera mas apenas com um segundo de vantagem sobre João Rodrigues, por isso antevia-se alguma animação hoje.

A etapa começou plana e por isso o pelotão rolou compacto até à Póvoa do Varzim, mas faltavam quatro contagens de montanha, uma delas no final, em Santa Quitéria, de 3ª categoria. E para animar as hostes, pouco tempo após a fuga do Suiço Gian Friesecke, Ricardo Mestre junta-se à "festa" e o duo chegou a ter 2m20s de avanço sobre o pelotão. Mestre era quem mais trabalhava e chegou até a ter um pequeno susto, que acabaria por não resultar em queda nem na perda do contacto com o Suiço. Mais tarde viria a passar em primeiro na contagem de montanha da Vandoma mas o cansaço começou a notar-se e, pouco depois, com o pelotão a querer naturalmente recuperar a vantagem, esta foi diminuindo inevitavelmente.

E foi no km 141 que Daniel Silva saltou do pelotão para apanhar Mestre, que já se encontrava à vista.

A partir daí, o pelotão rolou praticamente sempre compacto até novo ataque de Daniel Silva, a 1km da meta, que tentou a sua sorte. Mas o pelotão não iria fazer-lhe a vontade e tanto Rodrigues como Brandão mantinham-se na frente para as contas da geral. No entanto, e apesar dos esforços de ambos, acabariam por não conseguir anular o ataque de João Benta, que a 400m do final arrancou sem dar hipóteses aos seguidores.

Nas contas da geral, Brandão mantém a amarela ao terminar em segundo lugar da estapa, com João Rodrigues no seu encalce mantendo a magra margem de 1s. A Volta entra na reta final e amanhã corre-se a penúltima etapa entre Fafe e Mondim de Baixo.

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para facilitar e melhorar a navegação, mostrar conteúdo relacionado às suas preferências e coletar informações estatísticas. Se você continuar navegando, consideramos que você aceita seu uso. Mais informação.