Publicidade

Vais andar na lama? Ótimo, mas deves ter alguns cuidados...

Andar em terreno enlameado é extremamente divertido e até pode ajudar a melhorar a tua técnica se te concentrares na reação dos pneus e da própria bicicleta. Mas e o resto?
Revista BIKE -
Vais andar na lama? Ótimo, mas deves ter alguns cuidados...
Vais andar na lama? Ótimo, mas deves ter alguns cuidados...

Apesar de em Portugal os dias chuvosos por ano serem poucos, a verdade é que alguns de nós apreciam pedalar nestas condições. Os trilhos ficam enlameados, as raízes ficam ainda mais escorregadias e as pedras parecem estar barradas de manteiga, tal é a ausência de aderência, mas se aproveitares esta altura para treinar, poderás aprimorar a tua forma e mesmo a técnica.

Porquê? Porque terás de fazer mais esforço para prosseguir (melhorarás a exigência cardio-vascular e muscular) e, ao mesmo tempo - devido às condições do piso - poderás melhorar a tua técnica pois estarás com os sentidos mais alerta. Isto, claro, se estiveres minimamente relaxado e atento. 

¿Llueve? No te acobardes y coge la bici

Quem consegue desenvencilhar-se bem na lama, em regra tem muito mais à-vontade em piso seco.

Mas andar em piso enlameado tem a sua parte negativa: acelera a degradação de componentes, sobretudo na transmissão, nas suspensões/amortecedores e nos travões.

Na edição número 6 da revista BIKE mostramos detalhadamente que cuidados deves ter quando pedalas em trilhos enlameados de modo a prolongar a vida da tua bicicleta. E acredita que estes conselhos valem ouro, pois testamos bicicletas 365 dias por ano.

Nova edição da revista BIKE já nas bancas!

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para facilitar e melhorar a navegação, mostrar conteúdo relacionado às suas preferências e coletar informações estatísticas. Se você continuar navegando, consideramos que você aceita seu uso. Mais informação.