Publicidade

Fim de semana prolongado de ciclismo

O próximo fim de semana velocipédico começa na sexta-feira, com a primeira das três etapas do Grande Prémio Beiras e Serra da Estrela. Sábado e domingo o pelotão de cadetes disputa a primeira edição do Grande Prémio dos Campeões. No domingo prosseguem as Taças de Portugal de Downhill e de Maratona.
FPC -
Fim de semana prolongado de ciclismo
Fim de semana prolongado de ciclismo

O Grande Prémio Beiras e Serra da Estrela chega à quarta edição, consolidando-se como umas das provas realizadas em Portugal com maior cotação UCI, sendo de classe 2.1, a mesma da Volta a Portugal. O pelotão vai contar com 18 equipas, oriundas de dez países. Entre os coletivos convidados há três continentais profissionais, Israel Cycling Academy, Rally UHC Cycling e W52-FC Porto, além de todas as equipas continentais portuguesas.

Numa região marcada por uma orografia exigente, a caravana vai encontrar três etapas com nível de dificuldade médio-alto. A prova arranca com uma ligação de 155 quilómetros, entre Vilar Formoso e Pinhel, seguindo-se uma viagem de 197 quilómetros, desde Manteigas até ao Fundão. Para fechar, o cardápio propõe 177 quilómetros, entre Celorico da Beira e a Covilhã, com passagem pelo alto da Torre.

Enquanto o pelotão profissional pedala na serra da Estrela, os corredores de 15 e 16 anos vão competir nos distritos de Santarém, Lisboa e Setúbal, na primeira edição do Grande Prémio dos Campeões – Troféu António Adegas, sábado e domingo.

A prova de cadetes começa com uma etapa de 76 quilómetros, entre Almeirim e Vila Franca de Xira, às 15h00 de sábado. No domingo, Santiago do Cacém é local de partida e de chegada da segunda etapa, com início às 10h00 e uma extensão de 77,7 quilómetros.

Esta é a primeira corrida nacional do ano para a categoria de cadetes, realizando-se em período de férias escolares, de modo a que os jovens não condicionem os estudos para se apresentarem nas melhores condições desportivas.

Domingo vai ser também dia de BTT. Em Boticas corre-se a quarta etapa da Taça de Portugal de DHI, uma corrida inscrita no calendário UCI como prova C2. Os corredores portugueses terão, por isso, forte oposição forasteira, tal como sucedeu nas três corridas já disputadas da Taça de Portugal.

Os participantes vão encontrar uma pista com 2,1 quilómetros de extensão e um desnível de 300 metros. A manga de qualificação está marcada para as 11h00, enquanto o tiro de partida para a final vai acontecer às 14h30.

A segunda prova da Taça de Portugal de XCM é outra iniciativa em destaque na agenda de domingo. Vai decorrer em Mortágua, juntando algumas centenas de participantes, que irão distribuir-se pelos três percursos disponíveis.

Os ciclistas masculinos, de todas as categorias até master 45, vão percorrer 90 quilómetros. As femininas e os masculinos a partir de master 50 terão por diante 70 quilómetros. Existe ainda uma meia maratona de 40 quilómetros.

 

Mais eventos oficiais

12 a 14 de abril: Race Nature Mondim de Basto

13 de abril: 3 Horas Resistência BTT da ACD S. Martinho de Brufe, Fafe

13 de abril: Encontro Regional de Escolas de Ciclismo, Bragança

14 de abril: 1.º XCO Trilhos Cónegos, Moreira de Cónegos, Guimarães

14 de abril: Passeio Porto-Vila do Conde-Póvoa de Varzim-Viana do Castelo

14 de abril: X Raid BTT Rota das Cortelhas, Loureiro, Oliveira de Azeméis

14 de abril: Passeio do XXXI Aniversário da Associação Cicloturismo do Centro, O. Azeméis

14 de abril: Montemuro Granfondo, Cinfães

14 de abril: 2.ª Prova Taça da Madeira de Estrada

 



Utilizamos cookies próprias e de terceiros para facilitar e melhorar a navegação, mostrar conteúdo relacionado às suas preferências e coletar informações estatísticas. Se você continuar navegando, consideramos que você aceita seu uso. Mais informação.