Publicidade

10 truques para subires mais eficientemente

Para subir melhor há um segredo que não falha: estar em forma. No entanto, para além deste ponto óbvio, há outras considerações a ter em conta...
Revista BIKE Portugal -
10 truques para subires mais eficientemente
10 truques para subires mais eficientemente

1. Convém seres cauteloso e tenta realizar uma subida em progressão
Começa a pedalar com uma desmultiplicação mais leve do que aquela que costumas usar e à medida que te aproximes do topo coloca uma mudança mais pesada. Guarda alguma energia para o final, pois pode ser decisivo para não "explodir", para superar um topo imprevisto ou para lançar o ataque decisivo.

2. Marca pequenos objetivos
Em vez de pensares na totalidade da subida, pensa em chegar até um determinado ponto (uma rocha, uma árvore, uma curva...), e assim sucessivamente, para manter a tua motivação ativa.  

3. Não olhes para cima
Em vez de olhares para o horizonte e de veres que a subida nunca mais acaba, olha para o solo (uns metros à frente, para assim poderes ultrapassar os obstáculos em segurança), mas mantém uma posição neutra e relaxada.

4. A metade superior do corpo deve estar relaxada.
O peito deve estar erguido para que o diafragma trabalhe eficazmente e as costas devem estar planas para que os músculos lombares, quadríceps e glúteos trabalhem eficientemente.

5. Puxa o guiador na tua direção com o braço do mesmo lado que a perna que pisa o pedal
Não estrangules o guiador com as mãos, basta segurá-lo com firmeza.

6. Um selim mais adiantado e um guiador mais baixo ajudam muito 
Um guiador mais largo permitirá à caixa toráxica expandir-se. Para além disso, proporciona mais segurança nas descidas.

7. Tenta manter-te sentado no selim
E põe-te de pé em cima dos pedais apenas em momentos pontuais (para mudar de postura, acelerações, subidas desniveladas, etc).  

8. Os joelhos devem permanecer perto do quadro para maximizar a potência dos quadríceps
Além do esterno, o joelho, o fémur e o metacarpo devem estar alinhados quando se pisa o pedal.  

9. Em vez de levares a bicicleta carregada (câmara de ar, água...), carrega tu o peso (jersey ou mochila)
As rodas são o elemento que mais nos podem prejudicar ou favorecer, por isso assegura-te de que são leves e roladoras. Se no topo da subida há uma fonte, porque é que deves ir carregado de água?

10. O peso da bicicleta é um fator determinante, mas não te equivoques...
Convém que também tu sejas leve.  

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para facilitar e melhorar a navegação, mostrar conteúdo relacionado às suas preferências e coletar informações estatísticas. Se você continuar navegando, consideramos que você aceita seu uso. Mais informação.